Famílias contabilizam prejuízos com furtos no Cemitério, e lamentam sujeira

Compartilhe:

tumulos

 

 

Foto – Um dos túmulos que teve as argolas furtadas no Cemitério

 

O Cemitério Municipal de Barretos que é considerado um local de paz e tranquilidade, já que estão sepultados milhares de barretenses que de uma maneira ou outra deram a sua contribuição a cidade ao longo destes 165 anos de existência do município. Contudo, de uns anos para cá, a tranquilidade no local acabou, com os constantes furtos de argolas, vasos de bronze e outros objetos que são levados das sepulturas existentes.

Um dos túmulos que foi alvo de furtos, pertence à família do barretense, Pedro Lázaro Batista. Segundo ele, aqui no Cemitério seria um local de respeito, se transformou em alvo de vandalismo e furtos. “Até no meu próprio túmulo foi furtado, levaram várias argolas, fotos e as impressões feitas com bronze. Eu acho essa situação desagradável, principalmente pela perda de um ente querido”, afirmou.

O aposentado Carlos Augusto de Carvalho, 89 anos, afirmou que o Cemitério Municipal  está abandonado demais da conta, o capim está tomando dos túmulos onde estão sepultados os nossos antepassados. “Eu tenho minha mãe sepultada aqui e outros familiares, mas não vi uma situação como essa que está tendo aqui no Cemitério, um verdadeiro desmanzelo. Até próximo ao túmulo da Santinha da Ibitu, está uma decepção”, destacou.

Segundo ele, considero um abandono absoluto do Cemitério Municipal. “No túmulo da minha família furtaram os vasos de bronze e algumas pedras de granito”, opinou.

Compartilhe: