Comunidade se une para ajudar o pequeno Miguel

Compartilhe:

pais miguel

Foto – A mãe adotiva Jéssica, Miguel e seu pai André Andrade na sua residência

 

Com as divulgações nas redes sociais, na página “Guerreiro Miguel”, a cidade de Barretos vem acompanhando dia a dia, a luta de uma família da cidade de Barretos para dar um tratamento digno, ao pequeno Miguel Lira da Silva Andrade, de apenas 2 anos e 10 meses. A criança que reside com o pai, André Andrade e sua mãe adotiva Jéssica Andrade dos Santos, na rua MP 20 nº 150, no bairro Mais Parque, nasceu com microcefalia e tem paralisia cerebral provocada por um vírus contraído durante a gravidez. “Desde o seu nascimento, o Miguel é um lutador e dia a dia vai surpreendendo a todos com a sua evolução. Cada progresso conquistado, para nós é uma grande vitória”, afirmou o pai André.

Apesar de ser atendido pelo plano de saúde da mãe, a família se esforça para conseguir dar um tratamento mais complexo de fisioterapia, medicação e alimentação que são ingeridas através de uma sonda na barriga, para evitar que o líquido vá para o pulmão da criança. “Com as divulgações que realizamos, formos procurados por estudantes da faculdade FISO que irão promover no dia 19, uma festa com parte da renda para o Miguel. E ainda estaremos vendendo camisetas e canecas para angariar recursos”, disse o pai André.

As pessoas interessadas em conhecer um pouco da história do Miguel Lira, podem entrar em contato no telelefone (17) 98106-1395.

Compartilhe: