Kapetinha defende aprovação de emendas em projeto de fogos de artifício

kapetinha barretos

Foto – O vereador Luiz Umberto de Campos Sarti, Kapetinha

Um projeto de lei que está tramitando na Câmara Municipal de Barretos, que proibir a  venda e soltura de fogos de artifício na cidade, permitindo apenas na Zona Rural. O projeto é de autoria do vereador Paulo Correa e já teve primeira discussão na sessão de segunda, dia 5.

Contudo, após às  primeiras discussões do tema já está dando polêmica no legislativo barretense, uma vez que a lei quer proibir soltar fogos de artifício na cidade de Barretos, incluindo festividades esportivas, religiosas, reveillon, carreatas políticas  e demais acontecimentos na cidade de Barretos.

Diante desta polêmica, o vereador Luiz Umberto de Campos Sarti, “Kapetinha”,  pediu vistas ao projeto na sessão da última segunda, dia 5, mas teve o pedido rejeitado por maioria dos vereadores. Para o o vereador, o projeto que pensa na causa animal, pessoas portadora de necessidades especiais,  prejudica comerciantes, e  empresas que atuam neste ramo há décadas na cidade. “A soltura de fogos ocorre momentânea e não é toda hora que é feita.  Eu me posicionei  contrário, porque poderão ser fechadas empresas que funcionam há mais de 50 anos em Barretos, mas concordo com as emendas sugeridas pelo Carlão do Basquete para permitir a venda e do Leandro Anastácio para que as Igrejas tenham autorização em datas festivas como o Dia de Nossa Senhora, Festa de São Cristovão, Dia de Santo Antônio e outras datas”, afirmou Kapetinha.