Mesmo com laudos em dia, FPF interdita o Fortaleza para adequações

Miltão fpf estádio

Foto – O presidente de honra, Milton Aparecido da Silva, com o documento enviado pela FPF

 

A Federação Paulista de Futebol interditou o Estádio Fortaleza, conforme já havia sido anunciado pelo coronel Isidro Suíta Martinez, que é do Departamento de Infraestrutura dos Estádios. Mesmo com os laudos em dia do Estádio, a Praça Esportiva está interditada, já que a equipe da FPF constatou que o Estádio Municipal Antônio Gomes Martins – Fortaleza – está reprovado nas suas instalações do gramado e arquibancadas e aprovado com restrições os vestiários, instalações de apoio e banheiros públicos.

O presidente de honra do Barretos Esporte Clube, empresário Milton Aparecido da Silva, afirmou que o estádio necessita de reparos e não é uma praça esportiva que está abandonada. “São reparos que precisam sem feitas o mais rápido possível. A FPF nós comunicou que o Estádio Fortaleza está interditado para a prática do futebol profissional, jogos amadores podem ser realizados”, afirmou Miltão.

Após tomar conhecimento das exigências feitas pela FPF, o diretor afirmou que já fez um protocolo do ofício junto a Prefeitura de Barretos, com as fotos de algumas exigências que necessitam ser feitas. “Nós entendemos quem tem que dar todas as condições para deixar o Estádio em condições é a Prefeitura de Barretos”, afirmou o dirigente.

Segundo o relatório, o estádio necessita de reparos para eliminar problemas como de umidade nas paredes dos vestiários, muros chapiscados, tamanho do gramado, manutenção dos chuveiros e reparos nos vestiários. “São pequenos itens e entendo que temos hábil para que possamos colocar o estádio em ordem. A maior parte dos melhoramentos que já foram feitos e agora são reparos que devem ser feitos o mais rápido possível”, explicou Miltão.