Fernando Segovia é demitido da chefia da Polícia Federal

fernando segóvia

Fernando Segovia não é mais o diretor-geral da Polícia Federal, informou nesta terça-feira a assessoria de imprensa do recém-criado Ministério Extraordinário da Segurança Pública, que acrescentou que o delegado Rogério Galloro assumirá o posto.

A situação de Segovia, que assumiu o comando da PF em novembro, ficou abalada após entrevista à Reuters, antes do Carnaval, em que ele afirmou não haver indícios de crime cometidos pelo presidente Michel Temer no chamado inquérito dos portos e ter dito que o delegado responsável pelo caso poderia ser investigado por eventuais abusos nos questionamentos que fez ao presidente, se houvesse uma queixa formal sobre isso.