Prefeito de Guaíra faz planejamento de prioridades com Setor de Engenharia

reuniao engenharia

O prefeito, José Eduardo Coscrato Lélis se reuniu com o pessoal da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão da Administração Geral Infraestrutura Engenharia e Obras quando a pauta da conferência foi discussão de questões legais que nortearão o regramento com intento de agilizar a mobilidade urbana. Ainda foram elencadas questões de expansão do zoneamento urbano visando o desenvolvimento futuro, seja para loteamentos e outras obras de interesse social.  Na esteira da orientação legal já está sendo encaminhado para Câmara o Novo Código de Edificações do Município

Uma das principais definições da agenda positiva da Engenharia foram as prioridades das obras a serem executadas no ano que inicia. O prefeito, José Eduardo lembra que pretende seguir o cronograma de acordo com a disponibilidade financeira. Uma configuração de prevalência com estreio gerenciamento dos gastos.

Obras elencadas como prioridade em 2018

– Troca de boa parte da iluminação convencional por luminárias de led com financiamento do Banco do Brasil, no valor de R$ 2 milhões

– Recuperação de pavimento asfáltico com recursos encaminhados pelo governo federal e, ainda possibilidade de mais recursos pelo governo estadual

– construção das calçadas nos logradouros públicos, mesmo que não edificados

– aumento da proteção na EMEF Vera Lucia Vitali

– projeto de reformas para as praças da Vila Aparecida e Praça São Sebastião

– projeto de reformas, emergentes, na Casa de Cultura Professor João Augusto de Mello, especialmente no tocante ao telhado, que passou por uma intervenção a pouco tempo, no entanto inadequada

– intervenção na Balança Municipal

– o CSU está em vias de ser doado do Estado para o Município, o que possibilitará a Prefeitura executar intervenções robustas no complexo

– obras para regularizar a quadra Ramize Elias, quadra do bairro Tonico Garcia

– ETEC sairá da EMEF Maria Auxiliadora e passara a ocupar prédio do Pré-Escola da Cohab 2

– está sendo finalizado o processo de desapropriação da gleba para ampliar o Cemitério Otávio Reis da Costa

– em negociação para desapropriação de área para construção do novo Distrito Industrial

– a Prefeitura acabou de pagar o proprietário da terra onde passará a parte final do emissário de esgoto, o que proporcionará a finalização da obra da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto