Fiscalização localiza 721 kg de peixes sem notas em Minas

peixes apreendidos

peixes apreendidos 1

 

Foto – Policiais Ambientais com os peixes apreendidos que foram doados para entidades de Planura

Foto – Algumas espécies que foram destinadas a entidade

 

Uma operação desenvolvida pela Polícia Militar do Meio Ambiente de Minas Gerais,  na BR-364,  abordou um caminhão baú, com placas de Ribeirão Preto, transportando 721 kg de peixes, sem nota fiscal, pela rodovia federal nas proximidades do Aeroporto de Frutal-MG. Após a abordagem, os militares constataram que a carga estava sendo transportado de Itapagipe-MG para Taquaritinga-SP.

Segundo o cabo Oscar Fagiane Júnior, da Polícia Militar do Meio Ambiente de Planura, a nota fiscal não constava a origem do peixe, tendo entre as espécies os peixes piapara, porquim, barbado, piau,  piapara, curimba e outros. “Esse foi o maior volume de peixes apreendidos aqui na cidade de Planura e após analise da vigilância sanitária estamos destinando para as entidades da cidade”, afirmou o militar.

O policial militar afirmou que não foi constatado crime, como não tinha a nota, foi elaborada a infração administrativa, sendo aplicada uma infração de R$538,25 e um emolumento de reposição da pesca no valor de R$6.487,37.