Ex-vereador barretense é preso pela polícia de Frutal

cadeia

 

O ex-vereador Juninho Leite foi preso ontem pela Polícia Civil de Minas Gerais, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Judiciário de Frutal, MG. Segundo o delegado de polícia Fábio Ruz, a prisão ocorreu na zona rural de Barretos e o ex-vereador foi removido para o presídio de Frutal.
Procurado ontem, o advogado Jailton Rodrigues, que representa Juninho Leite no processo, confirmou a prisão e disse que estaria recorrendo hoje da decisão, alegando inocência e a primariedade do réu.
Jailton explicou que o juiz determinou a prisão considerando que Juninho Leite estaria dificultando o trabalho da justiça, por não comparecer nas audiências e não ser localizado em seu endereço.
RÉU
Juninho Leite é réu em um processo que tramita no Fórum de Frutal, MG. De acordo com as informações, no dia 7 de julho de 2015, ele teria efetuado disparos de arma de fogo dentro de um recinto onde acontecia um leilão de gado, no km 34 da rodovia BR-364, na zona rural de Frutal.
Segundo a ocorrência registrada pela Polícia Militar na época, duas comerciantes do leilão afirmaram que o vereador se exaltou durante um desacordo comercial e foi até o estacionamento do local, de onde retornou com uma arma de fogo, efetuou os disparos e fugiu sem pagar a conta do bar, que totalizou R$ 147. Ninguém ficou ferido.
Procurado na época, Juninho Leite negou as acusações.
Fonte – Jornal de Barretos Regional